Pesquisar no blogue

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Manteiga de amendoim caseira (sem óleo de palma, açúcar nem conservantes)

Adoro manteiga de amendoim! Mas uma boa manteiga de amendoim é dificil de encontrar... E quando eu digo boa quero dizer uma manteiga que não tenha ingredientes com nomes suspeitos e montes de aditivos estranhos. 
A última noticia mais polémica nesta área tem a ver com o óleo de palma, que além de estar relacionado com a intensa desflorestação de certas regiões do planeta e consequente perda de habitat (floresta tropical) para determinadas espécies vegetais e animais, fala-se agora de estar ligado a substâncias classificadas como cancerígenas. Uma boa alternativa seria comprar manteiga de amendoim pura, como a que se encontra em lojas de produtos biológicos/dietéticos, mas o preço de um pequeno frasco assusta!
Assim, toca a fazer a minha própria manteiga de amendoim, que descobri ser super simples! Acaba por ficar mais ou menos pelo mesmo preço de uma manteiga de amendoim normal comprada no supermercado, por isso perguntam vocês, para quê todo este trabalho? Ora, o corpo agradece e a consciência fica um pouco mais tranquila :)


Comprei amendoim sem casca e sem sal "ao natural" (muito importante), mas quem quiser perder um pouco mais de tempo pode comprar amendoins com casca e entreter-se a descascá-los.



Misturei os amendoins com uma colher de azeite e coloquei num tabuleiro para ir ao forno, bem distribuídos para ficarem apenas numa camada.



Os amendoins foram ao forno a 250ºC por cerca de 10 minutos, mas sempre sob vigilância e ir mexendo a cada 2 ou 3 minutos. É importante não deixar queimar!



Quando estavam bem douradinhos, passei os amendoins para o processador.



Triturar muito bem durante vários minutos até se transformar numa pasta.



Se necessário, adicionar um fio de azeite para ficar mais "pastoso".


E já está, super simples! Quem quiser pode adicionar uma pitada de sal e uma de açúcar mas aconselho a que tentem evitar isso, porque a manteiga por si só fica deliciosa assim! :)


Nota: Para quem quiser saber um pouco mais sobre o impacto da exploração do óleo de palma, pode consultar a página da WWF aqui.




Sem comentários :