Pesquisar no blogue

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Vestido-túnica

Da última vez que fui à loja de tecidos comprei, nos retalhos em promoção, um tecido que me chamou logo a atenção! Uma espécie de seda rosa-choque com umas pequenas flores bordadas no mesmo tom e uma barra dourada ao longo do tecido bordada com uns dragões esverdeados. Ok, agora que acabei de descrever o tecido, é que reparei como isto soa hiper-piroso e nem imagino a imagem que vos deve estar a passar pela cabeça neste momento!  Eheh! 
Mas como já devem ter espreitado as imagens abaixo já devem ter percebido porque é que me apaixonei por este tecido! :)

Depois de ter desfolhado as minhas revistas Burda, escolhi um modelo de túnica, muito simples, para usar este tecido.



Como é "obrigatório", passei o molde para papel vegetal, recortei e passei para o tecido. 

As instruções: medo, muito medo!!

Passar o molde para o papel vegetal: medo, muito medo!


Passar as peças do molde para o tecido: começa a melhorar!

Como comprei um retalho pequeno, não tinha tecido suficiente para fazer as magas a 3/4 do modelo original, por isso, fiz uma ligeira alteração e acabei por fazer versão manga curta. Outra alteração que fiz ao modelo original foi aumentar o comprimento da parte de baixo ("saia") o que permite usar como vestido.

Toca a cortar, alinhavar, coser, alfinetar, descoser e tornar a coser... E ao fim de umas horas, consegui um vestido-túnica! :)





O pormenor do decote, com acabamento com vivo, que também foi feito por mim usando fita de seda e cordão.



2 comentários :

Olivia Mikumi disse...

Que lindo!:) Está muito mais bonito do que o da revista...
Eu trabalho, entre outras áreas, em design e decoração, e há tempos aventurei-me a fazer umas almofadas. Mas a verdade é que sou uma grande preguiçosa para a costura e, apesar de ter boas ideias, preferia ter alguém a concretizá-las. :)

Lisa disse...

Wow, obrigada Olívia! :))
Também eu tenho alturas em que me dá a preguiça para a costura... Por isso é que tenho outros hobbies, para alternar com a costura :) Se fizermos algo por obrigação, ela deixa de ter piada, e eu não quero que isso me aconteça com a costura ;) O meu conselho: projetos simples e rápidos, as almofadas são um bom exemplo! Todos os que demorem muito tempo a terminar, tornam-se enfadonhos.